IMG-20180119-WA1121Seguindo orientação nacional da Frente Brasil Popular e da Frente Povo Sem Medo, lideranças de movimentos sociais de Vitória da Conquista e de partidos políticos vêm se reunindo desde a semana passada para organizar atos da campanha “Em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato”. Sindicatos urbanos e rurais, além de movimentos de luta pela terra, como o MST, já iniciaram articulações para atos que começarão na terça-feira 23 e se estenderão até o dia 24, quando o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, julgará o recurso da defesa do ex-residente Lula contra a condenação em primeira instância arbitrada pelo juiz Sérgio Moro. A programação ainda não está fechada, mas já é certa a ocupação da Praça Vitor Brito. Os organizadores planejam inserir atividades culturais para atrair a atenção das pessoas e denunciar o que consideram o aprofundamento do golpe institucional iniciado com o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, em abril de 2016.

A mobilização articula outros partidos, além do PT, que também disputarão a Presidência da República. Segundo dirigentes dessas organizações, não se trata apenas de pressionar a Justiça a revisar a sentença de Moro ou de ato de solidariedade a Lula. Entre eles há consenso sobre o risco de a condenação abrir caminho para o aprofundamento da perda de direitos sociais, como a aprovação da reforma da previdência. Partidos que já anunciam intenção de oferecer candidaturas próprias, como PCdoB, PSOL e PDT defendem o direito de Lula disputar a eleição de 2018. Blog do Rodrigo Ferraz

luizcarlos borges da silveira

Luiz Borges

Na democracia, o papel da oposição é claro: fiscalizar a administração e os atos dos governantes, atuar como agente capaz de aperfeiçoar proposições de governo, ser catalisadora das demandas e insatisfações populares e, de certa forma, ajudar o governo a errar menos e administrar melhor, criticando, apontando equívocos e incongruências, destacando as consequências de desacertos e denunciando erros e omissões. Oposição competente contribui para se alcançar o objetivo da ação política. Além disso, deve ser propositiva e apresentar caminhos diferentes dos atuais para garantir maior eficiência do setor público e possibilitar o constante crescimento nacional.

A oposição no Brasil não segue esses parâmetros. É sempre contra e faz oposição por oposição, sem linha definida e sem nenhuma coerência. O PT quando não era governo portou-se assim, porém depois adotou programas que contestava e deu continuidade a projetos que abominava, como as privatizações, para as quais adotou o eufemismo de concessões. A ascensão petista com quatro gestões sucessivas minou a força dos partidos fora da base governista, enfraquecendo a ação oposicionista. O PSDB, que deveria incorporar e liderar a oposição, pratica o mesmo que o PT praticava, com o objetivo de ser contra inclusive a pontos que antes defendia quando governo.

Implantou o instituto da reeleição, pelo que batalhou e chegou a promover compra de votos e de apoios; agora se posicionou a favor de sua extinção. Uma clara negação de princípios doutrinários e políticos está no posicionamento que adotou sobre o Fator Previdenciário. Foi o governo tucano que estabeleceu e conseguiu aprovar esse mecanismo de sustentação do sistema da Previdência Social. Agora, para ser contra o governo petista o PSDB votou pela extinção do Fator. Essas e outras posições de total incoerência marcam a atuação tucana. Muito provavelmente seja por isso que após perder o comando político do país não mais conseguiu ganhar uma eleição presidencial, pagando o preço da incoerência, do descrédito e da falta de um grande projeto nacional.

Estar ao lado do governo não é apenas apoiar sem questionar ou contestar; e ser oposição não é somente ser contra, mas sim debater e também contribuir. Oposição inconsequente, sem critérios e linha política definida perde a credibilidade e acaba agindo contra o país.

Por Luiz Carlos Borges da Silveira

26167637_578672545797813_8080808268592005847_nNa tarde da última terça-feira (26) o prefeito Leandro Mascarenhas e o seu vice Jorge Luís, estiveram falando ao povo poçoense através dos microfones da rádio comunitária Liberdade FM. Dentre vários assuntos discorridos durante a entrevista, feita no jornal Informe Liberdade II Edição, que foi ao ar às 12h, Léo e Jorge fizeram esclarecimentos e destacaram alguns feitos em apenas um ano de administração Governando Para o Povo. Depois de ter respondido várias perguntas dos ouvintes, anunciando obras, Léo mandou um recado para os moradores dos bairros Urbis e Alto da Vitória.Aproveito a oportunidade para avisar os moradores da Urbis, que o mais rápido possível vamos retomar a pavimentação do bairro, pavimentação essa que foi conseguida pelo meu irmão e ex-prefeito Luciano. Conseguimos retomar esse convênio e estamos aguardando a Caixa liberar para que possamos fazer a licitação e iniciar as obras. O mesmo aviso vai para o Alto da Vitória, que muito em breve também receberá a pavimentação de ruas. Quero dizer ao povo que estamos correndo muito atrás de benefícios para a nossa cidade e para a zona rural”, disse. O prefeito aproveitou a oportunidade para falar do bairro Alto do Paraíso, onde 300 casas populares serão construídas e, segundo ele, várias ruas também serão pavimentadas. “A cidade é muito grande e ainda falta uma grande parte de esgotamento sanitário, mas, só esse ano, já fizemos mais de 2 km de saneamento básico. Uma grande parte desse feito foi no Alto do Paraíso, um bairro que estava com as fossas estourando, o pessoal estava chateado e me procurou. Eu fui lá, me reunir com os moradores e já fizemos uma grande parte do esgotamento. E para a alegria daquele povo,  além das 300 unidades populares que serão construídas, conseguimos uma emenda de 1 milhão e meio para que possamos fazer a pavimentação de ruas. Estamos com esse planejamento, que já foi avaliado pela Caixa e estamos agora aguardando a liberação para fazer a licitação e iniciar as obras”, comentou. Para finalizar, Leandro desejou a todos os poçoenses um Feliz Ano Novo e reafirmou o compromisso de trabalhar pelo povo. “Desejo um Feliz Ano Novo para todo povo de Poções. Que 2018 seja muito melhor que esse ano de 2017, com novas realizações, novas conquistas e muito trabalho. Estaremos sempre trabalhando em prol de melhorias para a população”, finalizou.

netoPassava de 12h de ontem quando a equipe do CORREIO entrou no gabinete do prefeito ACM Neto (DEM). Com os olhos voltados ora para a Baía de Todos os Santos ora para o smartphone na mão, Neto parecia distraído. “Está pensativo, prefeito?”, perguntou a reportagem. “Estou escolhendo a palavra certa para uma resposta. Não posso errar. Hoje, tudo que escrevemos aqui vira documento”, explicou. Quase cinco minutos depois, Neto iniciava a entrevista, na qual falou sobre os desafios de ter sua segunda gestão comparada com a primeira, áreas da prefeitura que precisam de avanços, dúvidas e certezas sobre a eleição de 2018, queda de braço com o setor de transportes, integração do metrô, reajuste de ônibus e, claro, o eventual duelo com o governador Rui Costa (PT): “Se eu decidir ser candidato, ele vai enfrentar um adversário duro, que vai colocar o dedo na ferida e mostrar todos os problemas da Bahia que são encobertos com grandes gastos em propaganda”. A matéria completa você acessa no site Correio*

GaúchoO jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho fechou com o PEN (que mudará de nome para Patriota) sua candidatura para o Senador em 2018, por Minas Gerais. Segundo informações da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, o acerto foi discutido com o vice-presidente do Patriota, Gutemberg Fonseca, e com outros dirigentes do partido no Rio de Janeiro. Eles posaram juntos com um livro do deputado federal Jair Bolsonaro, que está de mudança para a sigla, pela qual deve se candidatar à Presidência da República. Ronaldinho está aguardando Bolsonaro formalizar sua filiação na próxima janela partidária, em março do próximo ano, para oficializar a sua também. Ele iria anunciar sua pré-candidatura no último sábado (9), após um jogo beneficente que organizou no Mineirão, mas decidiu adiar devido às chuvas fortes no estado, que deixaram mais de 500 pessoas desabrigadas. O suplente de sua chapa será o ex-jogador Somália, que já atuou no América Mineiro e no Fluminense.

AeteNa sessão desta quarta-feira (13/12), o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas do ex-prefeito do município de Boa Nova, Aete Meira, relativas ao exercício de 2016. O ex-prefeito não cumpriu o disposto no artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal, vez que não deixou em caixa recursos suficientes para o pagamento das despesas com restos a pagar. Também não foi aplicado o percentual mínimo de 25% na educação, aplicando apenas 24,60% dos recursos na manutenção e desenvolvimento do ensino municipal. Foi determinada a formulação de representação ao MPBA contra o gestor e imputadas multas de R$10 mil diante das irregularidades constatadas durante a análise das contas e de R$54 mil, que equivale a 30% dos seus recursos anuais, pela não redução da despesa total com pessoal.

maxresdefaultNa sessão desta quarta-feira (13/12), o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas do ex-prefeito de Poções, Otto Wagner de Magalhães, relativas ao exercício de 2016. O ex-prefeito, além de não cumprir o disposto no artigo 42 da LRF, extrapolou o limite para despesa com pessoal, promovendo gastos equivalente a 68,34% da RCL do município. A relatoria determinou a formulação de representação ao MPBA contra o gestor para que seja apurada a pratica ou não de crime contra as finanças públicas e multou o gestor em R$15 mil.

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

Uma pesquisa divulgada na manhã desta segunda-feira (27), pelo Paraná Pesquisas, destaca, em uma das amostragens, o ex-presidente Lula com 48,9% de intenção de votos para as eleições 2018. Jair Bolsonaro vem logo em seguida com 12,9%. A pesquisa foi realizada com os eleitores em mais de 72 municípios da Bahia, entre os dias 16 a 21 de novembro de 2017. Marina Silva aparece em terceiro lugar, com 8,8%; Ciro Gomes com 6,2%; Geraldo Alckimin com 4,4%; Alvaro Dias 2,3%; Hernique Meirelles 1,0% e Manuela D’Avila 0,5%. Ainda foi divulgado que 3,5% não souberam opinar e 11,5% disseram que não votariam em nenhum dos candidatos.

pesquisaeleitoralEm uma outra amostragem Lula também aparece na frente com 48,2%; Bolsonaro com 12,3%; Marina Silva com 9%; Ciro Gomes com 6,4%; Joria Doria 5,2%; Alvaro Dias 2,4%; Henrique Meirelles 1,0% e Manuela D’Ávila com 0,6%. Dos entrevistados 11,6% não votariam em nenhum nome apresentado e 3,3% não souberam opinar. A pesquisa também avaliou o governo do presidente Temer e apresentou o resultado de 89,4% de reprovação, 7,7% de aprovação e 2,9% não souberam ou não quiseram opinar. No total 1576 eleitores participaram da pesquisa. Varela Notícias

24139272_957027774463058_346811075_o

Foto: WhatsApp/Blog do Jeferson Almeida

Pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSC-RJ) vem recebendo apoio em diversas partes do país e outdoors do deputado federal vêm se espalhando por todo o Brasil. E não foi diferente em Poções, onde, na tarde desta segunda-feira (27), na Avenida Cônego Pithon, no centro, um grupo de apoiadores resolveu colocar uma imagem do parlamentar em um outdoor. A imagem de Bolsonaro aparece com a bandeira do Brasil e a frase: “Pela honra, moral e ética”.

24099538_957032801129222_1101713573_n

Foto: WhatsApp/Blog do Jeferson Almeida

A ação do grupo prova que Bolsonaro é hoje um dos políticos mais populares do Brasil e conta com um eleitorado fiel, que promete até mesmo fazer campanha pelo parlamentar gratuitamente. As pesquisas de intenção de voto mostram Bolsonaro como um dos mais bem cotados para a disputa do segundo turno das eleições presidenciais do ano que vem.