imageConforme noticiamos, um ônibus da empresa TBC (Trans Brasil), que seguia para São Paulo na manhã deste sábado (20/01), levava vários poçoenses quando pegou fogo em Belo Horizonte (MG). Segundo informações, o veículo teria saído de Poções por volta das 10h40 de ontem.

image (1)De acordo com uma passageira, em contato com o Blog do Jeferson Almeida na manhã de hoje, o incêndio destruiu todo o veículo, inclusive todas as bagagens dos ocupantes. “Foi horrível, Jeferson. Mães com crianças no colo e correndo para fora do ônibus. Perdemos tudo. Só consegui salvar meu celular, porque até meus documentos queimaram. Foi muita correria e desespero. Foi preciso quebrar o vidro de emergência do ônibus para todo mundo sair”, disse.

Ainda segundo ela, o fato aconteceu por volta das 03h40 da madrugada do dia seguinte e, por sorte, ninguém se feriu.

Em contato com a nossa reportagem, a empresa Trans Brasil informou que todas as providências para o caso estão sendo tomadas. Ainda segundo a empresa, o incêndio se deu após o ônibus ter apresentado falha mecânica. Assista o momento do incêndio: (mais…)

26995315_987911951374640_1142721131_nUm ônibus que saiu da cidade de Poções com destino a São Paulo na manhã desta sexta-feira (19) da semana passada, por volta das 10h40, pegou fogo em Belo Horizonte (MG) e vários poçoenses passaram por um grande susto.

Segunda uma passageira, em contato com o Blog do Jeferson Almeida na manhã de hoje, sábado (20), o incêndio destruiu todo o veículo, inclusive todas as bagagens dos ocupantes. “Foi horrível, Jeferson. Mães com crianças no colo e correndo para fora do ônibus. Perdemos tudo. Só consegui salvar meu celular, porque até meus documentos queimaram. Foi muita correria e desespero. Foi preciso quebrar o vidro de emergência do ônibus para todo mundo sair”, disse.

Ainda segundo ela, o fato aconteceu por volta das 03h40 da madrugada de hoje e, por sorte, ninguém se feriu.

As causas do incêndio não foram informadas pela empresa, que ainda não se manifestou sobre o assunto.

A reivindicação dos passageiros é que a empresa arque com todo o prejuízo.

gjfcO motorista conquistense de uma carreta com carroceria baú morreu após o veículo sair da pista e tombar, em uma curva do km 719 da NR-116, em Muriaé, Minas Gerais, na tarde desta quinta-feira (18). O veículo tombou para o lado direito e homem, que seguia sozinho sentido a Laranjal, foi lançado para fora da cabine, sendo esmagado pela mesma.

Militares do Corpo de Bombeiros e uma equipe do Samu estiveram no local, mas não havia nada a ser feito em relação à vítima, que foi identificada como Cássio Novaes dos Santos.

Parte da carreta parou sobre o acostamento e o trânsito não precisou ser interrompido. Policiais rodoviários federais sinalizaram o trecho e acionaram a perícia da Polícia Civil (PC).

As causas do ocorrido serão apuradas, e em entrevista à Rádio Muriaé, o policial rodoviário federal Ornelas disse que com base na dinâmica do acidente é possível deduzir que o motorista não usava o cinto de segurança no momento dos fatos.

Empresas especializadas foram acionadas para a realização do transbordo da carga e remoção do veículo. Fonte: Blog do Léo Santos

material12018Quem tem criança em casa sabe bem que, no início do ano, uma das maiores preocupações dos pais e responsáveis é adquirir os itens exigidos na lista de material escolar. Além de ter cuidado para não gastar mais do que pode ou do que realmente precisa, é importante, também, ficar atento para que seus direitos não sejam lesados: tem muita coisa que não pode estar na lista de materiais ou ser exigida pelas escolas.

As instituições de ensino são proibidas por lei de exigir itens de uso coletivo na lista ou de cobrar taxas adicionais por eles. Todo o custo com materiais ou infraestrutura necessária para a prestação dos serviços educacionais deve, segundo a lei, ser considerada no cálculo das mensalidades escolares que os pais vão pagar.

Confira abaixo os itens que  não podem constar na lista e, em caso de dúvida, consulte o Procon. (mais…)

acidente-samu-2Treze pessoas morreram e 39 ficaram feridas em um grave acidente na BR-251, em Grão Mogol, no Norte de Minas, na manhã deste sábado (13). Seis corpos foram encontrados debaixo das ferragens dos veículos. Segundo o Samu e os Bombeiros, onze pessoas estão em estado grave, uma em estado gravíssimo e 27 sofreram ferimentos leves.

acidente-samuO acidente envolveu sete veículos: um caminhão que fazia o transporte de outro caminhão; dois micro-ônibus; duas carretas e uma van. O motorista da carreta que pegou fogo viajava com dois filhos, de 5 e 17 anos. “O condutor conseguiu salvar apenas o filho de 5 anos e a filha de 17 faleceu dentro do veículo”, explicou Joana Dark. Um dos micro-ônibus envolvidos no acidente era registrado em Catolé do Rocha, no sertão da Paraíba. Pelo menos cinco pessoas eram moradores da cidade.

9e50ba45ac48501dd15917616118fa04d8455819O motorista e proprietário do veículo, Kaliandro da Silva de Oliveira, foi um dos mortos no acidente. A rodovia ficou interditada próximo ao Povoado de Bocaina, em Grão Mogol, e o trânsito foi totalmente liberado por volta das 16h30. Em 19 de junho do ano passado, 11 pessoas morreram em desastre na mesma estrada, em Salinas, também na Região Norte de Minas, envolvendo um ônibus que saiu de São Paulo e seguia para a Bahia. *Com informações do G1

luizcarlos borges da silveira

Luiz Borges

Na democracia, o papel da oposição é claro: fiscalizar a administração e os atos dos governantes, atuar como agente capaz de aperfeiçoar proposições de governo, ser catalisadora das demandas e insatisfações populares e, de certa forma, ajudar o governo a errar menos e administrar melhor, criticando, apontando equívocos e incongruências, destacando as consequências de desacertos e denunciando erros e omissões. Oposição competente contribui para se alcançar o objetivo da ação política. Além disso, deve ser propositiva e apresentar caminhos diferentes dos atuais para garantir maior eficiência do setor público e possibilitar o constante crescimento nacional.

A oposição no Brasil não segue esses parâmetros. É sempre contra e faz oposição por oposição, sem linha definida e sem nenhuma coerência. O PT quando não era governo portou-se assim, porém depois adotou programas que contestava e deu continuidade a projetos que abominava, como as privatizações, para as quais adotou o eufemismo de concessões. A ascensão petista com quatro gestões sucessivas minou a força dos partidos fora da base governista, enfraquecendo a ação oposicionista. O PSDB, que deveria incorporar e liderar a oposição, pratica o mesmo que o PT praticava, com o objetivo de ser contra inclusive a pontos que antes defendia quando governo.

Implantou o instituto da reeleição, pelo que batalhou e chegou a promover compra de votos e de apoios; agora se posicionou a favor de sua extinção. Uma clara negação de princípios doutrinários e políticos está no posicionamento que adotou sobre o Fator Previdenciário. Foi o governo tucano que estabeleceu e conseguiu aprovar esse mecanismo de sustentação do sistema da Previdência Social. Agora, para ser contra o governo petista o PSDB votou pela extinção do Fator. Essas e outras posições de total incoerência marcam a atuação tucana. Muito provavelmente seja por isso que após perder o comando político do país não mais conseguiu ganhar uma eleição presidencial, pagando o preço da incoerência, do descrédito e da falta de um grande projeto nacional.

Estar ao lado do governo não é apenas apoiar sem questionar ou contestar; e ser oposição não é somente ser contra, mas sim debater e também contribuir. Oposição inconsequente, sem critérios e linha política definida perde a credibilidade e acaba agindo contra o país.

Por Luiz Carlos Borges da Silveira

6410666_x720

Foto: Reprodução/TV Bahia

Cinco baianos, quatro da cidade de Cipó e um de Feira de Santana, foram presos na Argentina suspeitos de estuprar e matar uma jovem de 15 anos. O crime teria ocorrido no réveillon, e os suspeitos foram presos pela polícia local no dia 1º de janeiro. Conforme a imprensa local, a adolescente Irina Diana Lopez foi encontrada no quatro de uma pensão da cidade de Corrientes. Uma irmã da vítima encontrou o corpo. A jovem morta estava sem roupas e apresentava sinais de espancamento e sangramento nas partes íntimas. O filho da vítima, de 6 meses de idade, estava ao lado do corpo. O caso ganhou destaque nos jornais argentinos. Um dos suspeitos presos foi Wenderson de Souza Bacelar, de 21 anos, que é natural de Feira de Santana. Ainda de acordo com a imprensa local, a vítima era namorada de Wenderson. Os demais suspeitos não tiveram identidades divulgadas. Na Bahia, o pai do suspeito, Edcarlos Bacelar, falou com a imprensa nesta terça-feira (9) sobre a situação do filho. Ele disse Wenderson foi para a Argentina há 6 meses vender redes. Contou que o filho já tem uma mulher no Brasil, com quem tem um filho de um ano, mas disse que o rapaz tinha envolvimento com a jovem argentina. Afirmou, no entanto, não acreditar que o filho tenha envolvimento com o crime. “Eu tenho certeza que envolvido ele não está. Nem ele e nem os outros que foram presos com ele”, disse. Informações do G1

47765,marilia-mendonca-tem-parte-dos-bens-bloqueados-1A Justiça determinou bloqueio de parte dos bens da cantora Marília Mendonça, por causa do cancelamento de shows em Araguari, no estado de Minas Gerais, em 2017.

Segundo sentença do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), divulgada nesta segunda-feira (8), o objetivo da decisão é garantir recursos para ressarcimento de consumidores que foram lesados.

O juiz Márcio José Tricote, da 3ª Vara Cível de Araguari, indisponibilizou judicialmente R$ 100 mil em bens da sertaneja.

Ao G1, a assessoria de comunicação da artista argumentou que a cobrança é indevida, pois “os shows não foram realizados devido à chuva”. O texto diz que, como as apresentações não ocorreram, a artista não recebeu cachê.

26241341_977844822381353_1271220035_n

Foto: enviada pela poçoense Micaela Alves

O poçoense foi apanhado de muita emoção com a primeira Superlua de 2018, que ocorreu nesta segunda-feira (1º/1) e foi a segunda mais brilhante desde 2000, segundo os astrônomos. O fenômeno ocorre quando a Lua está cheia e, ao mesmo tempo, em seu perigeu – isto é, quando sua órbita atinge a maior proximidade da Terra e o satélite aparece 14% maior, com um brilho 30% mais forte. Além da ocorrência do primeiro dia de 2018, o fenômeno será repetido no dia 31 de janeiro, quando será acompanhado por um eclipse lunar total. De acordo com a pesquisadora Josina Nascimento, da Coordenação de Astronomia e Astrofísica do Observatório Nacional, a Superlua da primeira noite do ano foi a segunda maior desde o ano 2000 e seu brilho só será superado no ano de 2027.

Foto: Marlon Costa/futura press/Estadão Conteúdo

cela-presidio-samieaberto-aparecida

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O primeiro dia de 2018 foi marcado por uma rebelião na Colônia Agroindustrial do Regime Semiaberto, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, cidade da região metropolitana de Goiânia, com a confirmação pela Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap) de que nove presos morreram e 14 ficaram feridos.  Segundo a Seap, a rebelião começou quando presos que estavam na ala C, invadiram as alas A, B e D. Durante o confronto, os detentos chegaram a incendiar a unidade prisional. Foi preciso a ação do Corpo de Bombeiros para apagar o incêndio. Por volta das 16 horas, o presídio foi retomado pelo Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Gope), com  apoio do Batalhão de Choque da Polícia Militar. O Grupo de Radiopatrulha Aérea (GRAer) da Polícia Militar também deu apoio no local, desde o início da rebelião, na contenção de fugas e na recaptura de foragidos. A Seap informou ainda que 106 presos fugiram no momento da rebelião, sendo que 29 foram recapturados, e 127 deixaram o presídio durante a confusão, mas retornaram voluntariamente após o controle da situação.