Depois um longo período sem chuvas em diversas regiões, o governo do estado decretou situação de emergência em 108 municípios da Bahia. O decreto, que realizará obras emergenciais e auxílios aos moradores do semiárido, foi publicado no Diário Oficial do Estado e valerá por 180 dias. Os órgãos estaduais já estão autorizados a oferecerem ajuda as prefeituras, instituições e à população dos municípios em situação de emergência. Os municípios em situação de emergência são: Abaré, América Dourada, Barra do Mendes, Barro Alto, Boa Vista do Tupim, Bonito, Boquira, Botuporã, Caém, Cafarnaum, Canarana, Caturama, Central, Chorrochó, Coribe, Érico Cardoso, Gentio do Ouro, Iaçu, Ibipeba, Ibipitanga, Ibitiara, Ibititá, Ipupiara, Iramaia, Irecê, Itaguacu da Bahia, João Dourado, Jussara, Jussiape, Lajedinho, Lapão, Macajuba, Macaúbas, Macururé, Manoel Vitorino, Marcionílio Souza, Mirangaba, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Novo Horizonte, Ourolândia, Paramirim, Piatã, Pintadas, Piritiba e Presidente Dutra, Rio de Contas, Rio do Pires, Rui Barbosa, São Félix do Coribe, São Gabriel, Souto Soares, Tanque Novo, Uibaí, Umburanas, Utinga e Wagner, Xique-Xique, Brumado, Caculé, Candiba, Contendas do Sincorá, Dom Basílio, Guanambi, Ibiassucê, Ituaçu, Iuiu, Lagoa Real, Livramento de Nossa Senhora, Malhada de Pedras, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Rio do Antônio, Sebastião Laranjeiras, Tanhaçu, Maracás, Bom Jesus da Lapa Brotas de Macaúbas e Carinhanha, Ibotirama, Igaporã, Malhada, Matina, Morpará, Muquém do São Francisco, Oliveira dos Brejinhos, Paratinga, Riacho de Santana, Serra do Ramalho, Sítio do Mato, Anagé, Aracatu, Belo Campo, Bom Jesus da Serra, Caetanos, Caraíbas, Condeúba, Cordeiros, Guajeru, Jacaraci, Licínio de Almeida, Maetinga, Mirante, Mortugaba, Piripá, Planalto, Presidente Jânio Quadros e Tremedal.